Uma coisa muito bacana em trabalhar com sistemas operacionais baseados em UNIX é a possibilidade de você montar um volume de rede como se fosse uma pasta do seu computador. Vou lhe contar uma coisa que muita gente não sabe: no windows você pode fazer a mesma coisa com o comando mklink. Eis abaixo um exemplo:

mklink /d c:\minha-pasta \\servidor\compartilhamento

O comando acima irá criar o link c:\minha-pasta que apontará para o endereço de rede \\servidor\compartilhamento.

Para os software da sua máquina, eles acharão que estão acessando arquivos no seu C:\. Legal, né?!

Utilidade deste comando

Como eu opero com OSX e tenho algumas tarefas profissionais que eu preciso usar o Windows, eu acabo operando com máquinas virtuais.

Eu monto minha máquina virtual de tal forma que nenhum arquivo de dados seja gravado dentro dela. Faço com que os arquivos fiquem no meu mac, ao invés de estar dentro da máquina virtual.

Ganho duas coisas com isso:

1. Posso destruir a minha máquina virtual sem pena e a qualquer momento. Normalmente eu guardo uma cópia da minha VM logo após ser montada. Se ela apresentar pau, eu a deleto, coloco a cópia no ar e pronto! Tudo funcionando.

2. Meu backup é feito pelo mac. Não preciso adicionar a VM no backup diário. Isso diminui o tempo e o espaço do backup. E meus dados estarão seguros, pois eles estão no mac e o mesmo está efetuando o backup.

É isso aí! Espero que esta dica te ajude.