O The Developers Conference 2012, edição de Florianópolis, realizada nos dias 24, 25 e 26 de agosto estava gigante. Foram três dias de evento e mais de 20 trilhas de assuntos diversos. Obviamente eu não poderia deixar de bater ponto. Eu frequento o evento desde a primeira edição. Eu fiquei muito empolgado com tudo que vi por lá. Deu pra perceber como a comunidade está amadurecendo quanto a cultura agile. Em 2010, na trilha agile, eu tinha a impressão que os palestrantes estavam falando grego com os congressistas. Percebia-se que os congressistas não acreditavam no que se falava. Em 2011, nesta mesma trilha, notava-se que as empresas nas quais os congressistas trabalhavam não haviam adotado o agile. Este ano, para a minha surpresa, eu pude ver empresas de médio porte com fortes iniciativas na adoção de scrum e outras práticas. Espero que no ano que vem eu veja mais gente adotando o Lean. Este ano o pessoal da OnCast e da Lambda3 insistiram bastante no assunto. Fico feliz em ver isso, pois é justamente o rumo no qual venho tomando. A trilha de testes foi um decepção gigante pra mim. Não foi um problema do congresso, mas sim, um problema meu. Eu me inscrevi esperando ver a galera falando bastante sobre testes automatizados, mas tudo o que eu vi foi um show de ferramentas de apoio aos testes manuais. Isso ainda é uma coisa que me impressiona muito: ver uma sala socada de testadores – caras que ficam o dia inteiro testando software – sem colocar a mão em uma linha de código. Eu respeito a profissão deles, mas realmente é uma coisa que pouco me atrai. Prefiro ver os caras de teste como planejadores e não executores. Na trilha Management 3.0 falou-se bastante sobre empreendedorismo. Esta foi coordenada pelo Manoel Pimentel @manoelp. O cara tem uma energia impressionante. Pra mim, sexta-feira foi o melhor dia do TDC. Eu não podia deixar de citar meu camarada Samuel Crescêncio, proprietário da OnCast – @screscencio. Na sexta-feira o cara contou um pouco sobre a vida dele. O relato foi muito emocionante. E no domingo ele fechou o evento falando sobre Lean. Ouvir o Samuel é algo inspirador. Em resumo, o evento foi muito bacana. As baterias estão recarregadas novamente de energia positiva e grandes ideias. E que venha o TDC 2013.